Consultas Médicas da Semana

18/07 – Consulta com Dr. Fabio Bottini – durou cercar de 7 minutos, a primeira coisa que ele disse foi que ele não faz parto pelo convênio. Não perguntou como me estou sentindo, não me examinou, não me olhou. Somente fez uma guia de US e pediu para que eu procurasse um laboratório.
Falou de uma vez só e sem sequer tomar ar para que eu passe repelente 2 vezes ao dia, protetor solar com fator 30 a 35, hidratante do pescoço para baixo e SÓ!

O que eu senti? Frustração e desrespeito.

21/07 – Consulta com Dra Patricia – durou 1 hora no mínimo, me parabenizou pela gestação, perguntou como eu me sentia, como estava me alimentando, etc, etc.
Fizemos um ultrassom na clínica mesmo e vimos nossos bebês pela primeira vez com 7 semanas e 1 dia. São gêmeos!!!! A imagem mais linda que já vi na vida. Ela não faz parto pelo convênio e achei legal ao menos perguntar se ela gostaria de nos ajudar nesse momento e nos acompanhar no pré natal. Estou aguardando o orçamento da administradora da clínica dela.

Ah, esses dois são muito fortes! Estão perfeitinhos e corações batendo acelerados a 136 por minuto.

O que eu senti? Acolhimento, carinho e a maior felicidade do universo!

13692521_1163369183725832_7710058616844195258_n

Para o dia 03/08 tenho consulta com o Dr. Sergio, que fez o pré natal e parto da minha amiga no Hospital Santa Joana. Dizem as más línguas que ele não cobra nada extra para fazer o parto pelo convênio. Mas é claro, que eu tenho que ter uma conexão com ele… uma confiança, segurança.

Anúncios

Resumo dos últimos capítulos

Para começar, fiquem tranquilos que não abandonei meu blog. Estava apenas administrando questões da minha mais nova fase – a gestação tem dois lados, e as pessoas só falam do lado bacana.

Resumão pós positivo:

1. Minha médica viajou assim que soubemos da gestação. Até o momento não fiz ultrassom para saber se é 1 ou se são 2 bebês.

2. Contei no trabalho assim que soube, quase fui fuzilada. Me sinto vigiada as oito horas do dia que fico naquela cadeira.

3. Projeto Estresse rolando no trabalho. Mal conduzido e imaturo demais para um go live.

4. Minha mãe querendo fazer um mundo de roupinhas de lã – que eu detesto e não vou usar nos meus filhos. Quando eu digo que não gosto de lã e que ela não precisa fazer, ela sai gritando pela casa e batendo os pés.

5. Marido não tá afim de ajudar com as tarefas domésticas.

6. Comer bem é fácil…. Durante a gestação, não é bem assim. Eu tenho vontade de tudo, o tempo inteiro.

7. Não suporto que toquem minha barriga.

8. A dificuldade em encontrar um médico que faça o pré natal e o parto pelo convênio, sem que vc tenha que gastar dinheiro.

Estou grávida de 7 semanas, não iniciei meu pré natal. Estou bem frustrada e preocupada. 😖